quanto vou receber se for demitido
Walter Beirith
Walter Beirith

Quanto vou receber se for demitido

Dúvidas sobre quanto vai receber se for demitido? Criamos este conteúdo especialmente para você, trazendo informações sobre verbas rescisórias e cálculos.

Índice do artigo

quanto vou receber se for demitido
Está se perguntando quanto vai receber se for demitido? Descubra os seus direitos no caso de demissão com ou sem justa causa.

Quanto vou receber se for demitido: Direitos Trabalhistas da Demissão e Cálculo de valores

Para descobrir quanto irá receber se for demitido é preciso conhecer os direitos trabalhistas e as formas de demissão, com justa causa ou sem. Pois cada uma deriva direitos diferentes.

Por causa da crise econômica, as demissões estão se tornando cada vez mais comuns no país, infelizmente. Então, se você passou por essa situação ou está com medo e já começa a se questionar: “quanto vou receber se for demitido?”, manter-se informado nunca é demais.

Inicialmente, é preciso entender se a demissão aconteceu com ou sem justa causa. Na dispensa com justa causa, quando o empregado cometeu alguma falta grave, apenas são repassadas as férias simples que estão vencidas, se houver, o décimo terceiro salário proporcional e o proporcional do salário correspondente aos dias trabalhados, então, como descobrir quanto vai receber se for demitido? Por isso vamos mostrar os valores e direitos em cada uma das situações, confira:

Quanto vou receber se for demitido sem justa causa?

Agora, se você foi demitido sem nenhum motivo, vai ter direito a uma quantia maior. Você poderá receber: o aviso prévio proporcional, as férias simples, as férias vencidas em dobras, as férias proporcionais acrescidas de um terço, o décimo terceiro salário, o salário, sacar o seu Fundo de Garantia por tempo de Serviço (FGTS), a multa de 40% do valor do FGTS e ainda poderá solicitar o seguro desemprego.

Links úteis:

Aprenda a calcular o quanto vai receber se for demitido

Para fazer o calculo do seu salário é preciso dividir a quantia da remuneração por 30 e multiplicar o valor pelos dias trabalhados.

Já para compreender o quanto receberá pelo seu décimo terceiro salário, você precisa dividir a quantia da sua remuneração por 12 e multiplicar esse valor pelos dias trabalhados no decorrer do ano. Vale lembrar que se você trabalhou mais do que 14 dias em um mês, esse mês deve ser contado como inteiro.

Para chegar ao valor a ser recebido por direito correspondente às férias, o empregado necessita trabalhar por 365 dias na companhia com carteira assinada, sendo esse o denominado tempo aquisitivo. O tempo que o patrão possui para oferecer as férias vale pelos 12 próximos meses do tempo de aquisição, já que se trata do tempo concessivo, que consta no artigo 134 da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

calcular direito trabalhistas demissão
Entenda seus direitos trabalhista e como calcular quanto vai ganhar na demissão

Além disso, para calcular o valor correspondente as férias proporcionais, deve ser realizada uma conta por meio da divisão do valor da sua remuneração mensal acrescido de mais um terço, dividido pela quantidade de meses trabalhados, no denominado tempo aquisitivo de férias. Basicamente, esse tempo se refere aos 12 meses a partir da conta de ingresso do colaborador, que ao serem completados, concede ao colaborador o direito de aproveitar de um mês de férias e descanso.

Veja os motivos para ser demitido.

Com relação ao cálculo do aviso prévio deve se levar em consideração que para cada ano de trabalho é preciso adicionar três dias. Sendo que antes de concluir o primeiro ano, o funcionário já garantiu o direito de usufruir 30 dias de férias. Por isso, a quantia de dias conseguida precisa ser multiplicada pelo valor da remuneração mensal divida por 30.

Por isso, se você acredita que está correndo perigo de perder o seu cargo, buscar informações sobre o quanto vai receber se for demitido serve também para aumentar a sensação de segurança e a certeza de que não será totalmente desamparado.

Entre em contato com um advogado trabalhista através dos nossos escritórios de advocacia ou pelo formulário abaixo:

    Seu nome*

    Seu telefone*

    Sua Cidade*

    Seu e-mail*

    Assunto*

    Resumo do caso

    Compartilhe este post!

    Você pode gostar também: